POEMA DO E-BOOK "SÍNDROME".

o primeiro dia

vendavais de amolictil
acalmam o silêncio

etílicos deitados
bebendo seu gardenal

o cérebro sufocado
a química cerebral

antenas recebendo
doses de fenergam

masturbam-se velas
pílulas bailarinas

a noite flutua
horrenda tarde

aqui a dentadura
me fala sombras

Wednesday, February 06, 2008

2 Comments:

YEHUDA said...

baila, baila amigo,
pilulas bailarinas
mandam no ritmo
te acompanho na pantomina

Cali said...

esse foi dose!
as vezes vc não só escreve, mas prescreve!

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger