Flores do Mal

A florista convenceu Waltinho de que a margarida era a flor exata para dar de presente de noivado a sua futura esposa. Afinal Ana era uma garota moderna que morava no décimo andar de um apartamento cheio de vasos e plantas. Por isso quando ela recebeu aquela flor magistral que emanava uma luz própria e solar não encontrou local melhor do que a sua sacada para colocar aquela preciosidade. O que brilha para mim brilha para o mundo. Passou uma noite de amor maravilhosa onde fez sexo em duzentas e cinqüenta e quatro posições diferentes chegando a gozar vinte vezes enquanto seu parceiro adepto de práticas orientais alcançou o ápice cinco ponto dois na escala de prazer sexual do livro de Raduv Galanoide. No café da manhã comeram o que mais gostavam, pão de queijo. Café com leite. Geléia. Mel. Depois assistiram a um filme tão lindo que, quando ouviram o vizinho cantar Perdão Emília, perderam a compostura e rolaram dezenas de vezes por sobre o tapete persa cheio de nuvens branquinhas. Foi o que precedeu o céu. O telefone tocou chamando Waltinho para que ele fosse ao hospital, pois um caso muito urgente requeria a sua presença no local. Ele foi rápido. Sapecou um beijo que durou exatamente um minuto e quarenta segundos dizendo que havia uma vida em jogo e pedindo para Ana que parasse com aquilo que quando voltasse o amor iria fluir pelas artérias e eles iriam se irmanar como um só corpo fazendo daquele ato animal algo transcendente como a pintura de Michelangelo na Capela Cistina ou a poesia de Baudelaire. Ele desceu pelas escadas e cumprimentou o porteiro que lhe disse para olhar para o alto, pois a Ana queria lhe dar um tchau. Waltinho olhou para cima e lá estava a sua mulher, a Senhora com quem havia escolhido se casar tropeçando num passo e deslocando o vaso de flores o suficiente, para que depois de uma queda livre, criar um enorme galo na cabeça de Waltinho. Ou galho? Porteiro fdp!

Monday, March 10, 2008

2 Comments:

JoJosho said...

See Here or Here

YEHUDA said...

galo e galho
é melhor que chifre
em todo caso
esses ornamentos
é prova suficiente
de que tua mulher
é gostosa pra cacete

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger