ANJO.

Distante agora e sempre
Na voz que atropela o fogo

Você soletra um nome raro
E engole as gotas que sangram

Dias escuros e novelos de lã
E gatos passando na sutileza

E alguém me prepara um jantar
Antes que eu acorde a luz

Antes que o remédio me acuda
E fique distante de tudo

Antes que eu fique mudo
E comece a babar e a tremer

Friday, March 07, 2008

1 Comment:

YEHUDA said...

antes de tudo
de tudo mesmo,
você é um poeta
um esteta da palavra
um cara bacana

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger