BATMAN E ROBIN.

O Batman poeta
Tem um cinto de inutilidades

Por que nada o afeta
Desde a sua puberdade?

O Robim dito
Menino prodígio

Não era nem um papagaio
Estava mais para periquito

Jovem e esquisito
A quem fale que a relação

Tem que ser igual a um filme
Sem the end no final

Que nunca termine!

Só não sei quem comia quem
Ou se ambos se comiam

A verdade é que ser gay
Pouco importa

O que vale é que riam
Na cara do Coringa: uma torta

Eles comiam

Sunday, November 16, 2008

2 Comments:

Delia said...

hahaha hahaha
muito boa.
gostei daqui viu?

bjs

yehuda said...

Rodrigo hilário
muito bom, do caralho
Rodrigo meu irmão
eu não sou o Bat
nem você o Robim
heróis gays
é o fim da picad

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger