Carie.

Dentro de mim há algo podre
algo
algas verdes que flutuam
na química cerebral

Alguma coisa estranha nisso tudo
como um dente com chip
que a CIA colocou

Aquela dentista era minha amiga
era
e hoje ela me telefonou

Disse coisas com sentido
q a vida era um perigo
era
e isso eu já sabia

O que ela não me disse foi o q me deixou triste
Não disse que eu estava podre
Mas sei tudo isso tão bem
q não acredito em mim

Wednesday, June 04, 2008

1 Comment:

YEHUDA said...

quimica cerebral, a grande acusada de produzir sofrimento, serotinina de mais, serotinina de menos, porra decidam de uma vez, a podridão não terá vez

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger