Rubra testa de floragem
Ramo de boceta em flor

Carda a sua maquiagem
Faz-me rubro e incolor

Ama-me a ponto d
Beliscar a sua realidade

Quando em cruz de fato
Não rimo com sacanagem

Thursday, March 29, 2007

1 Comment:

Cássio Amaral said...

Quando venho aqui é mais que um privilégio brother.
É pra sentir o corte certeiro da sua poesia.
Risco de alto nível e demais!
Abração.

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger