OLFATO

Os acidentes do espelho e seus cacos de vidro e seus cactos que ferem e seus desertos que unem pontes podem possibilitar a mim um corte ou tornar-me alguma mulher que se movimenta despetalada nas minhas entranhas. Essa mulher sou eu no outro dia em que fui homem mastigando o delírio olfativo que um cigarro provoca: cheiro de merda.

Wednesday, November 08, 2006

4 Comments:

1.000 said...

So high tua lowcura. Me tocou fundo, lá dentro na noite escura. Voltarei muito.

elaine said...

oi, rodrigo!!!!
Gostei.
beijos

Rodrigo de Souza Leão said...

Valeu 1000. Volte sempre.

Rodrigo de Souza Leão said...

Valeu Elaine. Beijinho.

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger