DIAPASÃO.

Entre a tatuagem e a pele
Está a minha loucura

Às vezes se aproxima da pele
E eu me visto de louco

Vez se aproxima da tatuagem
E estou tomado de mim

Minha loucura vibra
No diapasão do corpo

Minha loucura é escriba
Sempre me imita

Sempre me irrita
Essa minha loucura

Wednesday, August 20, 2008

2 Comments:

yehuda said...

sanidade é um samba de uma nota só
loucura é uma simfonia

my life said...

me diga quem não é louco ???

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger