MUTILAÇÃO.

Meu tio
Morreu
Dentro
De minha avó

Para ela
Virei
A encarnação
Do filho
Que perdeu

Sinto que perdi muitas vidas
Menos esta
De sofrimento

Sou masoquista
Bem no fundo
Gosto de chorar
E gozar
Com o teto

Gosto de me olhar em algum espelho
Que me distorça tanto
Que eu me pareça com quem sou

Friday, January 18, 2008

4 Comments:

Assionara Souza said...

(M) util ação,


essa ação materna, ui que dói!

YEHUDA said...

e no espelho encontrou
num abraço de carinho
um amigo com nome estranho
metido a poeta
a mil anos luz do poeta Rodrigo

osrevni said...

Puxa, esse é um poema e tanto. Toca fundo.

myra said...

faz tempo que nao venho por aqui, e agora, sim e te mando um abraço e para te dizer que gostei muito deste e tbem dos outros,mas este especialmente, myra

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger