SUICÍDIO

Não havia saída. Nenhum abismo se abria. Nenhuma porta fechava. Nenhum abracadabra. Não conseguia ficar sozinho. Então eu me joguei dentro de uma caixa de Amplictil.

Vi que no centro só estava eu comigo

Eu dormi no meu suicídio.Acordei para outra vida. Estava dentro de um vidro. Cristo era um suicida?

A vida me agarrou e ainda não me soltou. Quando ela me quiser já estou preparado. Basta um abismo crescer. Nem a eternidade é pra sempre.



Suicidio

No había salida. Ningún abismo se abría. Ninguna puerta cerraba. Ningún abracadabra. No conseguía quedarme solo. Entonces me metí dentro de una caja de Amplictil.

Vi que en el centro estaba solo conmigo.

Me dormí en mi suicidio. Desperté en otra vida. Estaba dentro de un frasco. ¿Cristo era un suicida?

La vida me agarró y todavía no me soltó. Cuando me quiera estoy preparado. Basta con crecer un abismo. Ni la eternidad es para siempre.

Tradução Frederico Nogara

Monday, October 23, 2006

2 Comments:

cassio amaral said...

preciso suicidar meu coração velho! ele me traiu.
muito bom os escritos.

iosif said...

Primeiro: Rodrigo é meu amigo
Primeirissímo: Rodrigo é um imenso poeta

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger