SOMANDO DIMINUINDO IGUALANDO

poeta + poeta = nada
poeta – poeta = nada
poeta = poema
poema = nada
poema + nada = poeta
poesia + nada = poema
poema + poesia = poeta
poema + poesia = João Cabral de Melo Neto
poema – poesia = este poema
poesia – poema = matemática
poesia = tudo

Thursday, July 13, 2006

2 Comments:

elaine pauvolid said...

gostei do quadro!

Vicente said...

Legal! Bem original!
Como sei que é meu adverso — procurei um erro booleano — não encontrei.
Então recriei na álgebra.

poeta + poeta = Ø
poeta – poeta = {}
poeta ≡ poema
poema ≈ nada
poema + nada ≠ poeta
poesia + nada ∼ poema
poema + poesia ∴ poeta
poema + poesia → [João C.M.Neto]
poema – poesia = este poema
poesia – poema ↔ matemática
poesia → ∞

Ah dei por mim — poesia e poeta não tem lógica.
Gostei, Rod.

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger