sistema*

a noite exala cemitérios
escovo as lápides como dentes
o hacker cheira cocaína nos meus alvéolos

15 engraxastes brasileiros e 200 bombeiros
morreram em Nova York
hoje quem sabe algum culpado será crucificado
hoje quem sabe algum deus surgirá

debaixo do entulho será
que a caixa preta dirá mais do que o povo negro sem fome
diz ao dizer que adora outro deus

debaixo do entulho será
que o sangue vermelho é igualmente vermelho em todo o lugar do mundo
desde que vivo ainda agora sobrevivente do que persigo

debaixo do entulho será
que um outro futuro existe ou será sempre em nome do pai
que matarás

debaixo do entulho será
que existem bíblias e alcorões queimando em igualdade de condição
ou será que só existirá

o corpo de um jovem mais jovem do que eu
suicidado por a si suicidar

* poema escrito na noite do 11 de setembro. Eu me achava jovem!

Monday, September 11, 2006

1 Comment:

Cássio Amaral said...

AAAAAAAAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!
Falar o quê? Poemão...

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger