O PIOLHO.

O piolho numa folha de papel é um ponto (ponto).
Na cabeça é uma serra-elétrica.

A esteira é ergométrica e o piolho anda quando eu ando.
Sinto falta dos piolhos da infância e corto o cabelo curto.

Estou sempre em curto. Curto isso.
Estes seres abjetos (objetos abjetos) têm que viver (interrogação)?

Talvez seja um deles ou venha a ser já que não faço nada.
Como uma empada e arroto Coca. Deus é um piolho na toca.

Thursday, July 03, 2008

2 Comments:

Cássio Amaral said...

Bons poemas aqui.

O fim é muito bom brou.

Abraço.

yehuda said...

piolho é nosso amigo de infância,
no cologa no colegio,
vive na nosso cabelo até
que sejamos calvos carecas

 
Wordpress Themes is proudly powered by WordPress and themed by Mukkamu
Templates Novo Blogger